GNR

Furto Metais Não Preciosos


O furto de metais não preciosos tem como alvo qualquer infra-estrutura ou equipamento que contenha metal, sendo o cobre, aquele que maiores lucros gere e por isso ser chamado de "Ouro Vermelho", apesar de não ser um metal precioso.

  • Instalação de alarmes nos equipamentos e instalações mais sensíveis e vulneráveis;
  • Colocação de marcas nos equipamentos mais sensíveis e vulneráveis;
  • Reforço das medidas de proteção de infraestruturas (onde possível - ex. CCTV, restrição de acesso, vedações; reforço de portas de cabines, instalação de placards de aviso, melhoria das condições de luminosidade…);
  • Dar conhecimento à GNR dos locais onde estejam instalados os equipamentos mais vulneráveis;
  • Comunicação imediata após conhecimento da ocorrência do furto à GNR;
  • Preservar o local da ocorrência;
  • Comunicação à GNR sobre potenciais compradores de metais;
  • Remover alvos atrativos

A participação por furto de metais não preciosos, deve ser feita de forma explícita, o mais rapidamente possível e conter os dados que permitam responder às seguintes questões:

  • Quando?
  • Onde?
  • O Quê?
  • Quem?
  • Como?
sosGNR
Guarda Nacional Republicana

   e-Serviços

.  Acidentes Rodoviários

.  Perdidos e Achados

.  Queixa Electrónica

.  Ciber-challenge

.  Segurança Privada


   SOS Emergência

       Linha 112

   SOS Ambiente

       800 200 520

   SOS Trânsito

       800 201 855

   SMS Segurança

       96 101 02 00