GNR

Prevenção e Segurança Rodoviária


Viaturas na Rua

A condução e as condições meteorológicas adversas provocam

  • Má visibilidade
  • Perda de aderência
  • Maior desgaste da viatura
  • Verifique regularmente as condições técnicas do seu veículo;
  • Adapte a condução ao estado do piso, às condições de visibilidade, ao estado e carga do veículo, às próprias condições psicofisiológicas e á intensidade do tráfego;
  • Aumente a distância de segurança, em relação ao veículo da frente;
  • Em condições adversas, circule com médios;
  • Reduza a velocidade;
  • Use um tampão do depósito de gasolina com fechadura;

Se vai conduzir não deve ingerir bebidas alcoólicas;

  • A Acão do álcool no sistema nervoso origina efeitos nefastos que prejudicam o exercício da condução, tais como:
  • Audácia incontrolada
  • Perda de vigilância do meio envolvente
  • Perturbações das capacidades sensoriais, particularmente as visuais
  • Perturbação das capacidades perceptivas
  • Aumento do tempo de reação
  • Lentidão da resposta reflexa
  • Diminuição da resposta à fadiga

Condução e medicamentos

  • Seguir sempre as indicações do médico assistente
  • Cumprir a medicação prescrita
  • Não conduzir em períodos de crise e quando o médico iniciar ou modificar a medicação
  • Só conduzir se sentir que o pode fazer em segurança

A fadiga e a condução

Principais causas da fadiga ao volante:

  • Deficit de horas de sono
  • Grande esforço físico
  • Trabalho intelectual intenso
  • Ingestão de bebidas alcoólicas
  • Ingestão de alguns tipos de medicamentos
  • Estado de stress e doença
  • Posição desconfortável ao volante
  • Longas horas de condução
  • Temperaturas extremas (muito calor ou muito frio)
  • Ambiente saturado (com fumo, por exemplo)
  • Monotonia provocada pelo meio ambiente e/ou pelo traçado da via
  • Deficiente arejamento do habitáculo do veiculo
  • Refeições pesadas
  • Condução noturna
  • Deficiências visuais não corrigidas

Principais sintomas de fadiga

  • Bocejos frequentes
  • Dificuldade de concentração
  • Dificuldades em manter os olhos abertos e em os focar
  • Sensação de picadas nos olhos ou de olhos pesados
  • Sensação de entorpecimento e cãibras
  • Impaciência, mau humor
  • Dificuldades em manter a cabeça direita
  • Sensação de reagir com mais lentidão
  • Dificuldades em reter em memória acontecimentos imediatamente anteriores
  • Pensamentos desconexos
  • Sensação de sonhar acordado
  • Mudanças bruscas de velocidade
  • Alterações no desempenho da condução, como dificuldades no manuseamento da caixa de mudanças
  • Sensação de todos os outros condutores conduzem mal
  • Sensação de alterações no ruído próprio do veículo

Principais formas de evitar a fadiga

  • Iniciar a viagem bem repousado
  • Dividir as viagens mais longas em etapas e dormir o suficiente nas noites procedentes (1 a 2 horas de sono em défice por noite, equivale a uma noite em claro ao fim de 4 a 5 dias). Estima-se que em média uma pessoa precisa de dormir entre 6,30 e 9 horas por noite
  • Não estabelecer hora de chegada
  • Comer refeições ligeiras
  • Não ingerir bebidas alcoólicas
  • Ter em atenção que determinados medicamentos podem provocar sonolência
  • Manter o veículo bem arejado
  • Ajustar o banco de forma a sentar-se confortavelmente
  • Parar 10 a 15 minutos todas as 2 a 3 horas de condução, sair do veículo e fazer alguns movimentos, prolongando esse período se necessário
  • Não resistir á fadiga, nem ao sono. Se necessário, parar e dormir um pouco (20 a 40 minutos), ou passar, se possível o volante a outra pessoa
  • NÃO SE ESQUEÇA A FADIGA E A CONDUÇÃO SÃO INCOMPATÍVEIS

Viajar em segurança

  • Não se esqueça, quando planeia viajar, deve certificar-se se o seu veículo se encontra em condições
  • Não se esqueça de toda a documentação necessária referente à viatura, e aos seus ocupantes
  • Se viajar com crianças não se esqueça, de levar água e alguns jogos ou livros, que as possam entreter para que não fiquem impacientes e se transformem em fatores de distração do condutor
  • Não carregar demasiadamente o veículo, distribuir corretamente a bagagem
  • Vestir-se com roupa cómoda e calçar sapatos confortáveis
  • Não se esquecer que as crianças devem viajar no banco traseiro, e com os sistemas que por lei estão homologados
  • Não se esqueça de por o cinto de segurança quando inicia a viagem
  • Não se esqueça que o uso do telemóvel durante a condução além de ser proibido, pode causar distrações e levar a consequências graves
  • Quando tiver que fazer uma ultrapassagem, faça-o com segurança, preferencialmente em retas com boa visibilidade
sosGNR
Guarda Nacional Republicana

   e-Serviços

.  Acidentes Rodoviários

.  Perdidos e Achados

.  Queixa Electrónica

.  Ciber-challenge

.  Segurança Privada


   SOS Emergência

       Linha 112

   SOS Ambiente

       800 200 520

   SOS Trânsito

       800 201 855

   SMS Segurança

       96 101 02 00